Posts Recentes
Gostaria de receber conteúdos da PUC Júnior Consultoria?
Inscreva-se!

Gestão Proativa: Conheça 3 benefícios para a sua empresa



Atualmente, tendo em vista a constante inovação do mercado de trabalho, exigências sobre o profissional no ambiente empresarial tendem a aumentar cada vez mais, ocasionando grande desgaste do funcionário. Os prazos de entrega encontram-se muito enxutos e as responsabilidades desproporcionalmente maiores, sendo assim, o ambiente profissional mostra-se como exaustivo e pouco saudável para a vida do profissional.

“Mas porque pouco saudável?”. Pois bem, uma vez tendo tarefas e obrigações muito difíceis de se realizarem em tão pouco tempo, a exaustão do profissional no que tange ao seu psicológico e a saúde torna-se muito visível; em um primeiro momento, o funcionário pode até atender as expectativas da área, porém, conforme o passar do tempo, a exaustão vai se acumulando, fazendo com que os retornos profissionais decresçam de maneira inversamente proporcional a própria fadiga/exaustão.

A Gestão Proativa pode mostrar uma solução para este problema: Uma gestão proativa oferece diversos benefícios para os resultados de uma empresa. Em primeiro lugar, o planejamento estratégico fica melhor estruturado com o apoio de funcionários que dão dinamismo para as tomadas de decisão a partir de suas posturas proativas. Com a maior antecedência da estruturação das tarefas de uma equipe, os resultados obtidos mostrar-se-ão cada vez mais proveitosos para o bom andamento da empresa, bem como a busca de seus objetivos e metas, ou seja, o fundamento deste conceito é puramente a boa estruturação organizacional das equipes e o estabelecimento de um mindset proativo por parte dos funcionários.

“O que é um mindset proativo?”. Basicamente, “Mindset” é uma predisposição psicológica que uma pessoa ou grupo social têm para determinados pensamentos e padrões de comportamento, referindo-se ainda à maneira como nações inteiras se conduzem ideologicamente, dessa forma, estabelecer um Mindset Proativo em meio a uma equipe seria ótimo, pois faria com que os resultados se tornassem cada vez melhores e mais fluidos uma vez que a proatividade partiria do próprio funcionário e não de uma ordem por parte do gerente, evidenciando certa auto suficiência da equipe.


Mas, afinal de contas, o que de fato é esse negócio de “Gestão Proativa”? Venha comigo e vamos descobrir suas vantagens de implementação!

O que é gestão proativa?

Existem dois tipos de postura no que tange a atividade administrativa de um negócio. De forma geral, temos, também, dois tipos de gestão: a gestão proativa e a gestão reativa. Ambas as formas de gerir os negócios nunca são adotadas de maneira absoluta.

A gestão do comportamento proativo (gestão proativa) abrange as capacidades da empresa em liderar proativamente e de identificar e desenvolver pessoas proativas.

É impossível imaginar que alguém faça toda a direção administrativa e seja responsável por pautar sempre o que vem pela frente, isso faz com que a proatividade dos funcionários seja essencial para o bom funcionamento empresarial

De toda forma, ainda é predominante a adoção da gestão reativa, seja por opção ou por falta de organização nos negócios. Estima-se que hoje pelo menos dois terços das tomada de decisão sejam voltados apenas para o panorama imediato da situação em que a empresa se encontra.

Uma das dificuldades enfrentadas pelas empresas para uma postura mais proativa é o baixo investimento em ferramentas que permitam o desenvolvimento da metodologia, bem como a capacitação e desenvolvimento dos funcionários. Além disso, dentro dos empreendimentos há uma defasagem quanto à cultura organizacional que favoreça essa prática.

Modo Proativo

Podemos definir profissionais que possuem um Mindset proativo como: “Profissionais que possuem um perfil atento, que quebra regras e dita novas normas e tendências. O futuro, amanhã? Por que não começar a construí-lo hoje mesmo? Ao invés de esperar, como uma empresa reativa, a empresa proativa deve sempre estar agindo”. A inovação, o comprometimento e a proatividade são pilares definitivos para os bons resultados das empresas. Estes aspectos são evidenciados durante o processo da gestão proativa, gerando um ambiente mais produtivo e saudável concomitantemente.


De forma geral, esmiuçamos algumas das vantagens aqui antes mesmo apresentadas em relação a gestão proativa. Apresentaremos a Otimização do tempo,a Autonomia da Equipe (Amadurecimento do planejamento estratégico) e a Melhoria dos resultados.

1.OTIMIZAÇÃO DO TEMPO

Uma empresa com tempo de tarefas otimizado indica um melhor aproveitamento, de maneira a gerar mais retorno, em termos qualitativos, capazes de fazer a diferença nos resultados do empreendimento.

Uma equipe bem alinhada consegue impactar muito mais do que outra equipe apenas encarregada com seus respectivos afazeres de acordo com as metas da empresa; estando mais alinhados, os funcionários desempenham papel mais significativo e de forma prazerosa, tendo em vista que tais tarefas e deveres serão feitas de acordo com sua própria proatividade.

2.AUTONOMIA DA EQUIPE

O planejamento estratégico de uma empresa necessita de um cronograma que avalie a situação interna e as situações externas ao empreendimento; ele depende das análises sobre os indicadores internos de desempenho (do Inglês “Key Performance Indicator”, comumente chamado de KPI) e também sobre os indicadores externos à empresa, que influenciam diretamente nas projeções e planos de ação, isto é, nas atitudes a serem adotadas frente ao Mercado.

Empresas que não utilizam da gestão proativa comumente sentem maior dificuldade no planejamento estratégico, visto que a equipe possui pouca dedicação para a análise de indicadores, projeções de cenários e planos de ação. As empresas com gestão proativa, por sua vez, possuem vantagem nesse aspecto, uma vez que os funcionários adquirem maior experiência e autonomia para avaliar as situações internas e externas do empreendimento e situar os responsáveis sobre o momento que a empresa vive.

3.MELHORIA DE RESULTADOS

A melhoria de resultados ocorre quando uma empresa adota determinada postura, capaz de gerar melhores índices de desempenho, vale dizer, indicadores que carregam a informação de que o negócio está em crescimento.

Em uma empresa de gestão proativa, o cálculo de riscos com gastos futuros, o planejamento estratégico e as possíveis dificuldades para determinados cenários antecipam as resoluções de problemas que a equipe de funcionários pode elaborar, evitando imprevistos, gastos desnecessários e ineficazes, além de poupar a empresa de contratempos. Assim, a gestão proativa consegue alterar positivamente a postura que a empresa possui diante de possíveis eventualidades, evitando supostos prejuízos e obstáculos, melhorando, assim, os resultados.


UFA! Quanta informação não é mesmo?! Bom, acho que agora você entendeu um pouco mais sobre os ramos e implementação da gestão proativa, bem como suas características benignas para o seu negócio. Nós, da PUC Júnior Consultoria, prezamos pela felicidade e produtividade de nossos membros, assim como seu desenvolvimento em diversas áreas no que tange ao campo empresarial, seja desenvolvendo a oratória, senso analítico, até mesmo ações com caráter de decisão em negociações com o cliente; dessa forma, nossa gestão proativa nos dá autonomia e embasamento para realizarmos diversas consultorias e intensificar nosso engajamento no Movimento Empresa Júnior (MEJ), além de desenvolver e capacitar nossos membros de forma a podermos impactar positivamente a vida do cliente e do Brasil como um todo.

Enfim, depois deste longo artigo espero que tenham gostado e aproveitado ao máximo todo o conteudo aqui exposto, ademais, me despeço por aqui. Até uma próxima leitura!

A PUC Júnior Consultoria é uma das mais tradicionais empresas juniores do Brasil, atuando há mais de 25 anos no mercado e atendendo dezenas de micros, pequenos e médios empresários.

NOSSAS SOLUÇÕES

Rua Min. Godói, 969 - Perdizes, São Paulo - SP | contato@pucjunior.com
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • square-linkedin-512